Gamification

Gamificação nos treinamentos de segurança do trabalho: como usar?

Pergunte-me como

O engajamento dos colaboradores é um grande desafio a ser superado no treinamento de segurança do trabalho. Nesse contexto, o uso da gamificação é uma boa oportunidade para a equipe vivenciar as habilidades necessárias de maneira mais prática e lúdica, e como consequência, motivar o colaborador a interagir melhor durante o processo de capacitação. Quer saber como? Continue lendo nosso artigo e veja algumas dicas para utilizar a gamificação nos treinamentos dos colaboradores!

Por que adotar a gamificação no treinamento de segurança do trabalho?

Você já ouviu falar em “gamificação“? Trata-se de usar elementos dos jogos para gerar engajamento com atividades reais, na saúde, no trabalho e até mesmo no ambiente de aprendizagem. Ou seja, itens como recompensa, competição, cooperação, níveis de dificuldade, desafios e storytelling, se tornam os pilares da interação.

Simplificando, a gamificação envolve estratégias lúdicas e divertidas para atrair a atenção dos colaboradores, motivá-los a concluir treinamentos e fazer com que eles se envolvam com as tarefas propostas.

Alguns dos resultados da aplicação da gamificação, de modo geral, são:

  • Melhoria dos índices de atração, retenção e conversão de colaboradores;
  • Aumento na taxa de conclusão dos cursos;
  • Diminuição da rotatividade de colaboradores;
  • Concretização de objetivos;
  • Incentivo à realização de tarefas;
  • Construção de significados;
  • Direcionamento do comportamento dos colaboradores;
  • Possibilidade de mensurar os resultados.

Implantação de uma cultura de segurança

Vale lembrar que a gamificação não é um jogo, mas sim a utilização do lado lúdico, dinâmico e atrativo dos jogos para encontrar diversas soluções para problemas. Essa ferramenta pode ser aplicada em quaisquer tipos de treinamentos, a exemplo da área de segurança do trabalho.

Mas, para que a estratégia adotada tenha sucesso, a empresa deve implantar uma cultura de segurança que envolva desde os colaboradores até os gerentes. Só assim o grau de envolvimento, respeito e adesão aos procedimentos ou regras será alto. Para estabelecer uma cultura de segurança eficaz, é necessário:

  • Fazer uma análise de riscos;
  • Adotar um plano de segurança;
  • Treinar todos os colaboradores;
  • Tratar os incidentes ocorridos;
  • Envolver a liderança em todas as etapas;
  • Adotar tecnologias de segurança.

Como apresentado, o treinamento de segurança no trabalho é apenas uma das etapas necessárias para criar uma cultura de segurança na empresa. Então, que tal saber como utilizar a gamificação no treinamento de segurança do trabalho e, assim, potencializar os resultados? Acompanhe os próximos tópicos e descubra como fazer isso!

Como usar a gamificação para promover o engajamento nos treinamentos?

A seguir, veja como a gamificação contribui com o engajamento dos colaboradores durante uma capacitação!

Estabeleça objetivos

A dinâmica gamificada pode ter vários objetivos. Então, os primeiros passos envolvem compreender as necessidades dos colaboradores e, a partir daí, definir quais são seus objetivos. Lembre-se de que são esses pontos que vão orientar as estratégias a serem adotadas.

Promover a interação entre os colaboradores, adquirir habilidades e motivar novas atitudes são alguns dos exemplos. Ao definir até onde se quer chegar com a aplicação da gamificação nos treinamentos, os objetivos devem ser específicos, mensuráveis, atingíveis, realistas e temporais. A partir deles, serão definidas as metas.

Defina as métricas

Para saber se uma estratégia está gerando os resultados esperados, é preciso acompanhar algumas métricas. Então, estabeleça os critérios de avaliação — que vão desde os gerais (como tempo médio gasto em cada atividade) até os mais específicos, a exemplo do engajamento dos colaboradores.

Todos eles podem ser acompanhados por meio da interação nos grupos de discussão ou participação nas tarefas em grupos.  

Estabeleça regras

Para traçar um caminho perfeito às metas estabelecidas, é importante criar regras que orientem os colaboradores a prosseguir na dinâmica. As regras servirão como guias e limitadores para manter a dinâmica justa e mensurável.

A partir delas, é possível criar recompensas por progresso, o pode ser uma maneira de manter o engajamento dos colaboradores. Como todo desafio merece uma recompensa, a empresa tem a possibilidade de definir regras e critérios de pontuação para recebê-las.

E as recompensas não precisam se manter apenas no mundo da dinâmica virtual. A empresa pode oferecer prêmios ou reconhecimento social para os colaboradores que mais se engajarem e obtiverem as maiores pontuações nos treinamentos, por exemplo.  

Contrate nossos especialistas em gamificação

e-mail: comercial@saberfazer.com.br

É hora de criar a estrutura da capacitação. Para tanto, conte com a ajuda de nossa empresa que tem profissionais especializada, assim você será orientado sobre como o treinamento gamificado vai funcionar e de que forma estabelecer conexões com o conteúdo.

Nessa etapa, serão definidos os desafios de cada fase, os assuntos a serem apresentados e os momentos mais adequados para realizar testes ou oferecer feedbacks sobre o aprendizado.

Comunique aos colaboradores

Com tudo pronto para a aplicação da gamificação nos treinamentos, chegou o momento de comunicar a toda a equipe sobre o funcionamento desse tipo de capacitação. Envie orientações por e-mail e disponibilize um profissional para esclarecer quaisquer dúvidas que surgirem.

É muito importante que, no primeiro comunicado, a empresa demonstre a importância do treinamento e motive os colaboradores a participarem ativamente de todas as etapas. Também é preciso estimular a equipe a enfrentar os desafios e concluir os treinamentos.

Monitore os resultados

A gamificação é uma boa oportunidade de dar feedbacks aos colaboradores na hora certa, mas, para tanto, é necessário monitorar constantemente os resultados. Dessa forma, os profissionais saberão quais são suas dificuldades. Assim, estratégias de melhorias podem ser traçadas para garantir melhores resultados no desempenho de cada um.

Como a gamificação contribui com o treinamento em segurança do trabalho?

Já sabemos que a gamificação pode aumentar o engajamento dos colaboradores por meio de uma abordagem mais dinâmica e lúdica. Mas existem outras maneiras de contribuir com os treinamentos?

A resposta é sim!. Por meio de tarefas em conjunto ou participações nos chats, o colaborador desenvolve o hábito de cooperar com os colegas. Já na busca pelo alcance das metas, eles se tornam mais competitivos e produtivos.

Os níveis de dificuldade das tarefas e os desafios estabelecidos em cada etapa contribuem para que a equipe aprenda a tomar decisões de maneira mais rápida e coerente. Como consequência, a resolução dos problemas passa a ser mais ágil.

Por meio das atividades, dos desafios e dos feedbacks, determinados comportamentos podem ser estimulados ou refutados de modo menos agressivo. Como vimos, a gamificação se apresenta como um gama de oportunidades para atingir os objetivos dos treinamentos.

De maneira específica, a gamificação no treinamento em segurança do trabalho promove mais motivação e pode estimular os colaboradores a participarem de algo. Isso torna menos estressante ou tedioso o processo de aprendizagem no ambiente organizacional.

Além disso, o ambiente permita que o colaborador erre sem nenhuma consequência real ou severa, afinal, ele está em um ambiente de aprendizagem. Como nos jogos, sempre que os jogadores falham em um desafio, recebem a chance de realizá-lo novamente, e aprender com o erro passado. Assim, os colaboradores se sentirão seguros em testar seu conhecimento em simulações mais leves e divertidas.

Agora que você já sabe qual é a importância da gamificação no treinamento de segurança do trabalho e como aplicá-la em uma empresa, que tal começar a melhorar o seu processo de aprendizagem? Entre em contato conosco!


Agenda de Cursos

Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Nosso Espaço

1
Ola!
Como posso ajudar?
Powered by
Traduzir »